Blog

Esquentando a casa

Wair de Paula, Jr.



Estou em São Paulo, dias cinzas e chuvosos. E me peguei pensando em mudar as cores da casa, para aquecer visualmente o ambiente – apesar das centenas de livros, dezenas de objetos e quadros em todas as paredes, minha casa tem tons tranquilos e básicos. Aí eu vi a composição de tecidos acima, da Ville Marie (@lojavillemarie). São tecidos para área externa, mas podem migrar para vários espaços da casa. E eu adoro um toque de vermelho, coral, acho que confere personalidade aos ambientes.


 
Essa mistura de listrado, pied de poule e xadrez típico de cantina italiana é um luxo. Eu adoro estas padronagens, as texturas diferentes, as massas de cor ora diluídas ora intensas, dá para fazer muita coisa em casa com apenas estes quatro tecidos. Também da Ville Marie, que ainda tem um portfolio de tecidos imenso para deixar sua casa ainda mais aconchegante.


 
Vejam que beleza este papel de parede da Orlean, o painel Avalon (@orleanrio). Uma feérie absoluta, esse verde etéreo de fundo com pássaros, folhas, flores – impossível ficar isento frente a este painel. Ele remete à história, passado e presente juntos em um mesmo conceito. Eu queria...


 
Cores intensas me comovem. Esses verdes azulados, azuis esverdeados da foto acima, me fazem pensar em mudar meu quarto na hora – ele já é azul, mas um azul navy, suave. Já pensei em colocar esse papel de parede que parece que tem décadas, mais as almofadas em veludo nas cores da bandeira brasileira, em uma bela composição. Chic até o último fio de veludo...


 
Tons terrosos estão em alta. Assim como texturas como atoalhados, feltro e tramas mais proeminentes. Esses elementos além de trazerem conforto visual, ainda provocam os sentidos. Este ambiente da Pro Up House (@prouphouse), com itens da coleção 2022, transmite bem esse conceito – cores quentes, texturas fartas, totalmente em sintonia com as tendências atuais do mercado. Chega de tecidos que escorregam...rs


 
Também da Pro Up , essas cadeiras ultra-confortáveis, numa cor entre o abóbora e o cenoura, tornaram esse canto muito mais charmoso. Fora que o contraste com a parede verde ao canto é muito elegante. Eu estranho quando as pessoas dizem que vão enjoar da cor – em primeiro lugar, não dá para enjoar, quando são usadas com proporção e parcimônia como no ambiente acima. Segundo – enjoou? Troca o tecido, é tão fácil! 


 
Este tapete da Santa Monica (@santamonicatapetes), feito em um processo muito especial – o tapete é literalmente esculpido para obter esse resultado – lembra as areias das praias, só que sem o inconveniente da areia, bichinhos e vendedor de mate. Provoca ímpetos de se tirar os sapatos para pisar nestas ondas suaves e macias. Eu, que praticamente aprendi a ler deitado no tapete da sala, teria além de tudo uma referência de memória afetiva ao optar por um tapete igual a este.


 
Espaço da Mostra Way Design (@waydesignmoveis) com uma sobreposição bastante elegante de tapetes da Avanti (@avantitapetes). Eu utilizei deste recurso em meu living, sobrepondo três tapetes antigos totalmente estampados, de origens diferentes, mas tonalidades semelhantes. Quem viu, gostou.


  
E na Artelassê (@artelasse) dá para mimar ainda mais sua casa – e seu espírito – com as mantas, almofadas e acolchoados, um mais lindo que o outro, um mais aconchegante que o outro. Não dá para negar que uma almofada de tricô vai deixar a gente um pouco mais quentinho, se sentindo mais “acarinhado”. 
E no Casashopping você ainda encontra muito mais opções para deixar sua casa cada dia mais gostosa, moderna e aconchegante.

Compartilhe

Veja também


Comentários