Blog

Às portas do Natal

Wair de Paula, Jr.



Chegando o Natal, as lojas já estão – desde outubro...- decoradas para o Natal. Muito vermelho/verde/dourado, e as guirlandas onipresentes.

As guirlandas originalmente eram círculos de galhos secos, entrelaçados de folhagens,enfeites, frutos secos, fitas, bolas de natal e ramos de pinheiro – usados para decorar as portas das casas no período do Natal, com os símbolos e enfeites que representam a festa do nascimento de Jesus. A tradição vem da Roma antiga, pois os romanos acreditavam que presentear com um ramo de planta era um voto de saúde bem-estar  (vide as coroas de louros que adornavam as cabeças dos vencedores).  Neste caso, as guirlandas tinham por intenção desejar que todos os moradores desta casa tivessem saúde e bem-estar.
 


Seu formato em círculo significaria a perfeição – sem começo, sem fim, mas rico em harmonia. 

Com o passar do tempo, ficou a forma – mas os materiais foram substituídos. Os galhos secos e ramos de pinheiro deram lugar à toda sorte de material, mas o conceito básico permanece o mesmo – desejar bons augúrios para os moradores da casa, e também para aqueles que por estas portas passarem.

Escolha o modelo que mais se assemelha ao seu estilo de vida, e pendure na porta – não se esquecendo de tirá-la no mesmo dia em que desmontar a árvore de Natal. Afinal, este ainda é um elemento decorativo sazonal. 


 
Pinhas, galhos de planta e frutos vermelhos secos compõem esta guirlanda clássica.


 
“Guirlanda Ostentação” feita com festão e folhas preservadas, tudo no tom dourado.


 
O oposto da guirlanda anterior – ramos, raízes e uma trepadeira compõem esta guirlanda ótima para casa de quem curte o natural.


 
Um círculo de lampadinhas de natal resolve – ou “como fazer sua própria guirlanda de forma rápida, barata e original”.
 


Sobre uma base de espuma ou isopor, bolinhas douradas de vários tamanhos e texturas foram coladas, criando uma guirlanda fashion. Pode ser feita em várias cores...


 
Da cozinha para a porta – limões sicilianos desidratados enfeitam  e proporcionam um perfume delicioso.
 


Galhos secos montados em sentido circular e uma lata de spray branco produziram esta guirlanda que parece ter saído do Ártico.
 


Uma sequência de guirlandas nos mais variados materiais – bolas de cordão, frutos secos, espelho, gravetos – tudo vale a pena quando a criatividade é acionada.
 


Ou uma repetição do mesmo elemento – guirlandas feitas numa impressora 3D – transformam qualquer parede em natalina.

Enfim – qual seja o seu estilo e o da sua casa, sempre se consegue dar um ar de festa usando o recurso certo. Agora, vamos à arvore de natal...

Wair de Paula Jr.


 

Compartilhe

Veja também


Comentários